in Social Media

CNN

A concorrência mais ameaçadora para a CNN não são os outros canais televisivos de informação mas as redes sociais na Internet, como o Facebook ou o Twitter, considerou hoje o presidente da estação, Jon Klein.

“A concorrência de que tenho verdadeiramente medo é a das redes sociais”, afirmou Klein, à margem de uma conferência sobre o futuro dos meios de comunicação social em Nova Iorque, nos Estados Unidos da América.

Para o presidente da CNN, as redes sociais são

“uma alternativa que ameaça a empresa de aumentar o seu público”.

“As pessoas que são vossas amigas no Facebook ou aquelas que vocês seguem no Twitter são fontes de informação de confiança. Clicamos nas ligações que nos enviam e temos confiança nelas”,

afirmou.

“Mas nós queremos ser o nome que inspira mais confiança na informação. Não queremos que as mil pessoas que seguem no Twitter sejam as fontes de informação em que têm mais confiança”,

explicou Jon Klein.

Para o presidente da CNN, é “um desafio” em relação ao qual o canal deve estar “à altura”. Klein sublinhou que a sua “missão” era fazer com que as redes sociais e os cibernautas “façam ligações para a CNN”.

“Os 500 milhões de utilizadores do Facebook metem-me muito mais medo do que os dois milhões de telespectadores da Fox News”,

disse ainda Jon Klein, referindo-se ao canal de notícias mais visto nos Estados Unidos.

Write a Comment

Comment