in Estudos, Social Media

Social Media Business

SmartBrief, uma empresa de estudos de Mercado e que fornece um serviço para agregar informação por tópico, desenvolveu um estudo no qual os participantes partilharam as suas opiniões sobre a utilização de Social Media na área de negócios.

O estudo decorreu durante Junho de 2010 e abrangeu 6,000 participantes e os resultados revelam a mudança em como as empresas abordam os seus negócios e como estão a integrar Social Media nos seus modelos de negocio.

The full State of Social Media for Business 2010 está a ser vendido pela SmartBrief mas a empresa partilhou oito temas e alguns dados do estudo para demonstrar o valor acrescido da compra do mesmo.

  1. 65% das empresas que participaram no inquérito já adoptaram social media nos último ano e meio, sendo que metade só adoptaram Social Media no decorrer do último ano;
  2. As empresas estão a focar em 5 plataformas o que assume-se que estão a encontrar os seus clientes nestas 5 não necessitando, ou querendo, alargar a sua participação. Por outro lado, com outros sites como o Flickr ou FourSquare fora dos seus radares, não só podem estar a perder oportunidades verticais bem como nichos mais pequenos;
  3. Empresas necessitam de tempo para integrar Social Media eficazmente sendo que as empresas (25%+) com mais de 2 anos de utilização de Social Media, declaram ter integrado as plataformas e ferramentas no seu modelo de negocio, em grande parte dos casos múltiplas plataformas;
  4. A razão principal pela integração de Social Media é para crescerem a(s) sua(s) marca(s), mas em vez de crescerem a sua base de fãs, a maioria utiliza Social Media para transmitir a sua mensagem tal e qual como faziam e fazem com os meios tradicionais, abdicando assim da conversa;
  5. Social Media está nas mão das agências de comunicação (PR) sendo essas as que reconhecerem logo, a ameaça que Social Media representava nas “mãos erradas”. Marketing e publicidade só abraçaram depois após terem se apercebido do potencial inerente à possibilidade de atingirem audiências especificas;
  6. As principais preocupações apresentam-se na falta de suporte de quem decide bem como questões de privacidade, confidencialidade e segurança. 33% dos que responderam ao inquérito revelaram-se não serem quem decide, 15% a citar resistência dos quadros superiores e 33% preocupados com confidencialidade. Se equacionarmos o crescimento de empresas que bloqueiam acesso às 5 plataformas identificadas no estudo, tudo resume-se a uma preocupação global em como os funcionários vão utilizar estes meios e o possível impacto na sua produtividade;
  7. Menos que 15% dos que utilizam Social Media medem ROI (return on investment). Não seria de estranhar sendo que 33% não medem ROI de nada que fazem na sua empresa.
  8. As empresas tem pouca confiança nas suas estratégias de Social Media, no qual 14% acham as suas estratégias “bastante eficazes” e somente 7% total confiança.

Social Media Plataformas

Write a Comment

Comment