in Tecnologia

A Internet Esgotou IPs e Ninguém Sabe O Que Se Segue

RIP Internet

Já há muito tempo que todos nós habituamo-nos a ter acesso a toda e qualquer informação online entregue na nossa casa, escritório e aparelho móvel sem pensar o que seria se um dia tudo acabasse. Era suposto o crescimento online continuar, continuar e continuar. Mas isto até se começar a esgotar os IPs.

“Esse sistema de distribuição está a chegar ao fim” diz Geoff Hutson, Chief Cientist na Asia Pacific Network Information Centre. Nas próximas semanas a central de IPs irá se esgotar. Tão simples como isso, e ninguém tem ainda uma solução.

Cada computador, smartphone, tablet e/ou gadget que liga à Internet è lhe atribuído um IP com quatro dígitos o que lhe permite comunicar com a Internet, através de um sistema conhecido como IPv4 (Internet Protocol Version 4).

Web Designers tentam resolver este problema através do IPv6 (protocolo de seis dígitos) só que o IPv6 não é compatível da mesma forma, não permitindo assim a leitura de muito do conteúdo que opera através de IPv4. O melhor que se pode esperar é um serviço lento e repleto de falhas.

Uma solução é correr os dois protocolos ao mesmo tempo e com tempo acabar com o IPv4 – só que os dois protocolos já existem há anos e nada feito. O problema tornou-se um problema do amanhã, mas o amanhã está a chegar e ninguém consegue dizer o que se vai fazer.

O aumento exponencial de utilizadores na Internet na região da Ásia Pacifica tem nos trazido mais perto do DDay e utilizadores pelo mundo fora, bem como os fornecedores de IP tem razão para se preocuparem.

Entretanto a venda e compra de IPs tornou-se um óptimo negocio para quem vende dado o escasso do que procuram.

Irá chegar a altura em que o sue iPhone já não irá apanhar a Internet, ou nas melhores hipóteses irá ver grande parte das páginas em branco.

Como sempre, aplicam soluções a curto prazo permitindo mais que um utilizador a ligar-se a um IP mas muitos acreditam que isso é semelhante a fazer uma chamada na Passagem de Ano.

Write a Comment

Comment