in iPad

Steve Jobs Magico

Cada lançamento da Apple e cada atuação do mágico, Steve Jobs, é coreografada e ensaiada até exaustão – os pormenores são fundamentais e Jobs sabe isso melhor que qualquer outro. O lançamento do iPad 2 não foi diferente.

“Tecnologia só, não é suficiente” disse Jobs num dos momentos mais líricos do dia. “O casamento da tecnologia com as artes liberais, humanidades, é o que faz o nosso coração cantar”.

Mas depois de passar a euforia e o entusiasmo, muitos começam a rever não o que foi apresentado, mas sim o que ficou por dizer. É que como qualquer bom mágico, Jobs distraiu-nos daquilo que supostamente não devíamos ter visto – as imperfeições e limitações do sonho, neste caso, mais conhecido pelo novo iPad.

Com tantos apps e formas de sincronizar e fazer streaming do iPad, ainda necessitamos de interromper o processo e ligar o cabo branco ao nosso PC ou MAC – isto se quiser fazer backup ou sincronizar conteúdo para alguns apps. Já estava na hora de poder fazer tudo sem ter que ligar o iPad fisicamente a um computador.

E quanto à memoria do iPad? Sabe? Não, pois Jobs passou por esse pequeno pormenor como se pouca importância tivesse. Dado que ele apresentou todas as outras especificações do iPad 2, porque não falou na memória? O iPad original tem 256 MB e provavelmente o iPad 2 terá o mesmo. Mas a concorrência deixa o iPad para tras com 1 gigabyte de RAM.

O site Gizmodo cita um técnico da Apple a dizer que o iPad 2 tem 256 MB de RAM enquanto demonstrava o aparelho. Rapidamente o mesmo foi rectificado por alguém de PR, mas sem o valor real. O medo que os jornalistas tem de serem excluídos de próximos eventos da Apple, muitas vezes leva a que aceitem este tipo de resposta evasiva.

O limite de memoria de 64 gigabytes é também estranha dado que a própria Apple, através do seu consumo deste tipo de disco, conseguiu baixar o preço destes componentes – assim esperava-se a versão de 128 gigabytes. Assumindo que o iPad 3 só será lançado daqui a 12 meses, deixa mais que suficiente tempo para a concorrência introduzir modelos com 128 gigabytes ou mais.

Provavelmente o mais curioso, foi a informação técnica dada das duas câmaras (frente e verso) que evitou a todo custo revelar os frames per second (fps). Fps é o numero de imagens gravadas por segundo, sendo que quanto maior for fps, melhor qualidade tem-se no produto final. Esta informação não foi poupada no lançamento do iPhone 4. E o iPad 2?

O que está a Apple a deixar de fora para incluir no iPad 3? Aumento de memória, uma melhoria do ecrã (retina display), sincronização com a ‘cloud’, colunas em estéreo? Sim o iPad 2 continua em mono.

Uma coisa sabemos, não foi por acaso que o iPad 2 saiu assim, e quando chegar à altura (Março 2012 e não Novembro ou Dezembro de 2011 como alguns acreditam) de lançar a versão 3, o mágico e os seus leais ajudantes, voltarão para encantar, seduzir e fazer com que haja no mínimo uma ovação – ficar sentado certamente confirmar-i-á a inexistência do convite para o próximo espectáculo. Bravo.

Lançamento do iPad 2 (parte 1 de 6)

httpv://www.youtube.com/watch?v=Oq8-H7-yRRI

Lançamento do iPad 2 (parte 2 de 6)

httpv://www.youtube.com/watch?v=w8sj3yvmMB8

Lançamento do iPad 2 (parte 3 de 6)

httpv://www.youtube.com/watch?v=XXZLm6tTXxc

Lançamento do iPad 2 (parte 4 de 6)

httpv://www.youtube.com/watch?v=q6dHt0G9f94

Lançamento do iPad 2 (parte 5 de 6)

http://www.youtube.com/watch?v=81O8NLO1h0A

Lançamento do iPad 2 (parte 6 de 6)

httpv://www.youtube.com/watch?v=x9mN3bnvGqU

Via CNN

Write a Comment

Comment