in iPad, Tablets

iPad 2 Esgotou

As previsões de analistas, incluindo Eugene Munster da Piper Jaffray e Brian Marshall da Gleacher & Co., eram que o iPad 2 poderia vender 600,000 durante o fim de semana do seu lançamento. Se acontecesse, seria o dobra da velocidade do testemunhado o ano passado durante o lançamento do iPad 1, que vendeu 300,000 no primeiro fim de semana.

Hoje, e após um inquérito a quem esperava para comprar o iPad 2, a equipa de Eugene Munster estima as vendas entre 400-500 mil iPads. Seja como for, após terem contactado as Apple Stores, Target, BestBuy entre outros, o iPad 2 encontrava-se esgotado no final do dia de ontem.

Muitos especulavam se a maioria de vendas iria vir de trocas de quem já tinha o iPad original. Na realidade os resultados são muito diferentes e pouco científicos se verificarmos que os números forma extrapolados de alguns pressupostos e de um inquérito a 236 presumíveis (estavam na fila) futuros donos do iPad 2.

E os resultados:

  • 400,000 a 500,000 mil vendidos (estimativa) comparado com 300,000 durante o mesmo período no ano passado
  • Esgotaram no próprio Sábado não existindo iPad 2 para venda no domingo
  • 70% compraram um iPad pela primeira vez compara com 23% de quem comprou um iPhone (4) pela primeira vez
  • 51% eram utilizadores de MAC e 49% PC (mais más noticias para futuros tablets) – compara com 74% | 26% no caso do iPad 1

O mais interessante é o facto que nas Apple Stores, os primeiros iPad 2 a esgotarem foram os mais baratos com 16GB, depois 32GB e finalmente os de 64GB – poderá demonstrar o efeito emocional e irracional na compra destes aparelhos. Ou seja, quem foi comprar os mais baratos mas chegou tarde de mais, preferiu pagar mais que esperar uns dias para a próxima remessa. Mais más noticias para a concorrência.

Eugene Munster explicou:

“Acreditamos que estes resultados demonstram que a Apple está a expandir a sua base de utilizadores do iPad, o que é critico para manterem a sua vantagem da liderança no mercado das tablets. Ao crescer a base de utilizador, a liderança da Apple cresce de igual forma e a Apple tem um histórico de criar uma incomparável lealdade à marca, o que acreditamos ser uma potente combinação na evolução do mercado de tablets.”

No final de 2010, o marketshare da Apple nos tablets caiu de 93% para 73% resultado do concorrente Samsung Galaxy Tab. Com o lançamento do Motorola Xoom e o PlayBook da RIM (Blackberry) analistas acreditam que a vantagem temporária da Apple irá estabilizar entre os 70%-80%.

O facto que a Apple esgotou todos os modelos do seu iPad 2 reforça os seus cofres em mais uns poucos biliões de USD. Uma boa altura para ser acionista da Apple. Aguardamos números oficiais da Apple.

Uma versão rápida da fila para quem esperava para comprar o iPad 2

httpv://www.youtube.com/watch?v=sqYGt7kWnUU

Write a Comment

Comment