in Facebook, Social Media, Vídeos

Assange

Julian Assange, o fundador de WikiLeaks está de volta, desta vez, numa entrevista com a Russia Today, durante a qual, Assange referiu que Facebook era “a mais apavorante máquina de espionagem já mais inventada”.

Assange acredita que Facebook não é nada mais que uma gigantesca base de dados com nomes e registos de pessoas, sustentada voluntariamente pelos próprios utilizadores para uso da US Intelligence.

“Todos deviam perceber que quando adicionam os seus amigos a Facebook, que estão a contribuir de forma gratuita para as agências de inteligência dos Estados Unidos, construindo esta base de dados para eles,” disse Assange.

Mesmo que Assange não reivindique que Facebook é de facto gerido pelas agências de inteligência dos Estados Unidos, o facto que tem acesso aos registos, no seu ver, é já suficientemente perigoso.

Assange também revelou que telegramas e comunicações internas secretas do governo já lançadas para a Web não são de facto as mais embaraçosas, acreditando Assange que o pior ainda está para vir.

No fim da entrevista, Assange atacou a industria dos media, reclamando que os mesmos tem uma tendência para distorcer a realidade para com o público, fazendo pouco para evitar as guerras e remover governos corruptos do poder.

“É a minha opinião que os media, em geral, são tão maus, que temos de questionar se o mundo estaria melhor sem eles,” rematou Assange.

‘Every war in past 50 years a result of media lies’ – WikiLeaks founder

Pode ver a entrevista na sua totalidade.

Write a Comment

Comment