in Recrutamento

Killer CV

Escrever um CV é fácil. Escrever um CV como ferramenta eficaz para conseguir alcançar uma nova oportunidade na vida é difícil. É que por um lado, poucos investem no tempo necessário para criar um documento relevante à medida da oportunidade que procuram – vivemos cada vez mais num mundo personalizado e diferenciado necessitando assim de alterar a forma como criamos e atualizamos o CV.

Por outro lado, cada vez mais, a utilização do formato da EU faz como que o processo inicial de recrutamento torne-se mais monótono pois empresas procuram sempre aquele candidato que se diferencia – algo impossível com este formato estandarte. Compreendo que ainda existem empresas que exigem este formato mas aqui fica o primeiro aviso do que lhe espera caso tiver a “sorte” de ser aceite.

Peter Panayotou, senior consultant da The Write Stuff, empresa que cria CVs personalizados, explica que enquanto responder às perguntas de um CV é difícil, o mais importante é ter ajuda de alguém, dado que uma das maiores dificuldades é a imparcialidade e subjetividade envolvida no processo.

Na sua experiência, as pessoas tendem ser ou muito boas a vender-se a si próprias ou demasiadas tímidas e/ou inseguras. criando assim um CV “seguro” e preparado para enviar em massa.

“É difícil conseguir o correto equilíbrio, e essa é a principal razão pelo qual as pessoas procuram os nossos serviços. As pessoas não estão aptas a decidirem a quantidade de, e qual a, informação a incluir num CV, e assim necessitam de um terceiro para ser mais objetivo”. Explica Panayotou.

Fica aqui um inforgraphic produzido pela Colorado Technical University que inclui dicas para criar um digital resume. Boa sorte e tenha coragem!

CV

Write a Comment

Comment