in Tablets

Segundo Lugar

Durante a CES de 2011 em Las Vegas, 101 tablets foram anunciadas a serem lançadas no decorrer do ano. A maioria auto intitulavam-se iPad killer mas a realidade seria mais cruel para cada uma.

A tablet que tem conseguido vender minimamente é da Samsung mas a sua semelhança ao iPad tem lhe trazido alguns problemas.

Uma das tablets mais esperadas era a da RIM (Blackberry), a Playbook, mas após inúmeras tentativas de lançamento, quando o Playbook chegou ao mercado, já era tarde de mais. Over promise and under deliver – o oposto do que deveria ter acontecido.

Nos Estados Unidos, nenhuma das operadoras quer apoiar o Playbook, incluindo AT&T e Verizon. Sem o apoio das operadoras, RIM vai ter que sustentar todos os custos das vendas e marketing bem como os custos de desenvolvimento de aplicações. Tudo isto só vem agravar a situação da RIM.

Em contrasto, num mercado dominado pelo iPad, todo o suporte de marketing e vendas é partilhado pelas principais operadoras.

Outro dos tablets, que aliás já tinha sido lançado, foi o da Dell – Dell Streak 5 – um Android tablet/smartphone. O original Streak foi lançado o ano passado e com 5” acabou por situar-se entre o tablet e um smartphone.

Dell anunciou o fim do Streak online na sua página. Dell sempre o posicionou como um tablet que conseguia fazer telefonemas. Dell continua à procura do tablet de sucesso mas parece-me que irá dar tudo ao mesmo – algo semelhante ao iPad.

Write a Comment

Comment