in Estudos

Meaning Of Like

ExactTarget lançou um relatório intitulado “The Meaning of Like” a explicar as implicações de seguidores e aqueles que utilizam o botão “Like”. O relatório resume-se nos seguintes pontos:

Somente 42% de utilizadores ativos no Facebook reconhecem que marketers devem interpretar o clicar do botão “Like” como sinal de advocacia da marca em questão. Na realidade, o facto que leva um segundo para clicar no “Like” sem grande expressão para quem o faz, devia o mesmo revelar que essa ação não traz nenhum valor à marca nem demonstra lealdade.

93% de utilizadores do Facebook interagem através do botão “Like” por menos uma vez por mês. O mais comum tipo de “Like” é aquele que ocorre entre amigos ou conteúdo colocado pelos amigos.. Este fato torna-se importante em relação à advocacia da marca. Por isso se por um lado o “Like” é uma ação sem grande significado, pelo menos o mesmo ocorre com maior frequência entre amigos.

74% de “Likes” ocorrem através de algo que foi publicado por um amigo no Facebook

52% clicam no “Like” noutro site (noticias, blogue, website). Desta forma, torna-se impertinente ter este botão colocado em todo o conteúdo externo ao Facebook

44% clicam no “Like” em conteúdo publicado por marcas no Facebook

45% clicam “Like” numa página de empresa no Facebook

Para a maioria dos inqueridos, o “Like” é uma óptima forma de exprimirem a sua aprovação por um conteúdo especifico. O exprimir aprovação não deve, nem pode, ser confundido com lealdade. É uma ação casual que despensa de grande pensamento ou analise. Como alguma vez poderíamos colocar algum valor numa ação casual?

Consumidores mais novos (15-24 anos) tendem utilizar o “Like” como forma de autoexpressão e endosso publico de uma marca. Aceder a ofertas como contrapartida de clicar no “Like”, não é a principal razão pelo qual utilizam o botão. Mas, conteúdo personalizado ou exclusivo já tem um impacto.

Consumidores com 25 ou mais anos, esperam algo de valor em troca pela sua utilização do “Like”. Mas devemos ter em conta que estas estatísticas só se tornam relevantes se forem em contexto com a sua base de consumidores.

Consumidores tendem ver o “Like” como forma de marcar (bookmark) conteúdo e partilhar o mesmo, com amigos, e não como marketers o gostariam de ver ser utilizado – autorização para enviar mensagens de marketing. Em email marketing, é assumido que quando se subscreve, está a dar autorização para receber informação – diferente de Facebook marketing no que concerne à utilização do botão “Like”.

69% de consumidores com 65 ou mais anos nunca utilizaram o “Like” numa página no Facebook.

30% de utilizadores do Facebook com 35-44 anos já fizeram “Like” a 11 ou mais páginas no Facebook.

Os mais frequentes utilizadores do “Like” nas páginas de marcas ou conteúdo de marcas exprimiram uma maior expectativa de ver o nome da marca aparecer no seu mural – estão à espera do mesmo e assim partilham e interagem com marcas no Facebook.

46% de utilizadores no Facebook indicaram que “Like” significa que permitem “ocasionalmente” a marcar comunicar com eles. 56% indicaram que marketers não deviam ter acesso nem ao seu perfil publico depois de utilizar o botão “Like” – impossível sendo que todos ficam a ver quem clicou no “Like”.

Utilizadores entre os 25-34 anos são os que se sentem mais confortáveis com a partilha de informação com marketers sendo que não devia surpreender ninguém que aqueles com 45 ou mais anos de idade, têm uma opinião oposta. Mesmo sendo uma questão de gerações, é importante perceber a diferença entre utilizadores que estão ou não dispostos a serem contactos e como.

Write a Comment

Comment