in Estudos, Facebook

Homer Simpson Cérebro

Um estudo da University College London (UCL) revela que existe uma ligação direta entre o número de amigos que um utilizador tem no Facebook e o tamanho de uma área especifica do seu cérebro.

Mas só porque existe uma correlação, o mesmo já não implica a existência de uma causa. Ou seja, não é de todo possível, através dos dados recolhidos, verificar se o facto de ter mais “amigos” aumenta esta parte do cérebro ou se estes utilizadores são propícios a ter muitos amigos desde o inicio.

A ligação que também descobriram é que de facto quanto mais “amigos” virtuais o utilizador têm, mais “amigos” físicos tem também. Nada novo aqui.

O Professor Geraint Rees, um Senior Clinical Research Fellow da UCL, explica que “as redes sociais online têm uma enorme influência, mas mesmo assim pouco sabemos sobre o seu impacto no nosso cérebro. O resultado leva a muitos especularem que a Internet nos prejudica.”

Rees acredita que o seu estudo irá ajudar a compreender como as interações com o mundo são mediadas através das redes sociais. “Isto deverá nos permitir começar a fazer perguntas inteligentes sobre a relação entre a Internet e o nosso cérebro – perguntas científicas e não politicas”.

O estudo foi efectuado em 125 utilizadores do Facebook e estudantes da universidade e subsequentemente comparado com o tamanho da rede de cada um bem como dos seus amigos, quer online, quer offline.

O resultado foi um aumento de atividade nos locais do cérebro responsável pelo tratamento de dados, a região associada com o processamento da memoria e respostas emocionais.

O estudo foi publicado recentemente no Journal Proceedings of the Royal Society B – estudo em pdf.

Na realidade, o programa dos Simspons já nos tinha alertado para este fenomeno. Analisando o caso do Homer Simpson, verificamos que o tamanho do seu cérebro é proporcional ao número (e inteligência colectiva) dos seus amigos – 3 ao todo.

Homer Simpson Amigos

Write a Comment

Comment