in Eventos

iFan Event

No passado, a Apple marcou sempre presença no MacWorld Expo tornando-se o ponto central – isto até 2009. Muitos acharam que seria o fim da conferencia, outros marcavam o fim de Steve Jobs pois o ultimo keynote na MacWorld foi com o Phil Schiller, na altura, senior vice president de worldwide product marketing. Estariam todos completamente errados.

Na altura também questionavam o porquê de uma empresa como a Apple retirar-se da mais relevante Expo. Parece estranho ter que explicar que uma empresa que cria o hype em torno dos seus eventos através de um simples convite, não estará certamente interessante em continuar num formato que não controla e numa data (fim de Janeiro) de pouco ou nenhum interesse para lançamentos de produtos.

Fast forward para 2011 e a IDG Expo World faz agora o seu rebrand da marca Macworld Expo com uma reconfiguração do evento esperando atrair uma nova audiência de fãs da Apple conseguidos através do sucesso do iPhone, iPad e tudo em torno no ecossistema do iOS.

O evento tem já data marcada – Janeiro 26 a 28 de 2012, das 10 da manhã às 11 da noite. Esta edição da MacWorld Expo também vai custar menos e com uma maior variedade de eventos durante os três dias. No passado, Macworld Expo foi sempre ao encontro dos fãs da Apple, bem como aqueles que assistiam aos diversos seminários.

Agora no seu 28º ano, e com a base de clientes da Apple a mudar e a aumentar para as massas, o vice presidente e general manager da Macworld Expo, Paul Kent, decidiu que era a altura certa para mudar o enfoco.

“We want to tip the format on its head, and make a modern consumer event that appeals to users who probably don’t think these type of conferences are for them,” explica Kent. “Though Macworld has always been very welcoming of all comers in the past, part of this whole change is to attract people that might never have come before.”

Isto não implica que os nerds sejam colocados de parte.

“There will be 75 different ‘tech talks,’ so we’re still doing the things we’ve always been doing,”

Estes tech talks irão ser suportados por atuações musicais, projeção de filmes, galerias de arte, demonstrações de hardware e software bem como inúmeros outros eventos. O preço desceu de $300 para $75 USD – claramente uma aposta no mercado massificado. Aquela pessoa que compra um iPad e/ou um iPhone e quer saber que acessórios existem e como tirar partido dos seus novos brinquedos.

“We’re calling it ‘the ultimate iFan event,'” remata Kent.

Write a Comment

Comment