in Email Marketing

A Evitar No Email Marketing

Através de email, pode perfeitamente distribuir um vasto leque de conteúdo, mas só porque o consegue fazer, não implicar necessariamente que o deva fazer. Certifique-se que os seus emails não sofram dos seguintes erros:

#1 Excesso De Pontuação

A sua audiência poderá interpretar mal a emoção que pretende colocar por trás do seu texto caso crie demasiado enfâse no titulo do artigo, linha de assunto bem como outros elementos de texto no seu email. Na realidade, o poder da utilização correta de palavras pode, e deve, ter um maior impacto que todos os!?!?!?

Emails com uma excessiva utilização de pontuação também são mais susceptíveis a serem marcados como spam. Tente a todo o custo, evitar pontos de exclamação, e se tiver que os utilizar, retire o dedo da tecla para que não registe mais do que um!!!

O impacto que procura pode ser conseguido utilizando uma font e/ou tamanho diferente, tornando algum texto negrito ou alterar alguns estilos.

A evitar:

  • – ALL CAPS
  • – Repetição de símbolos tal como $$$
  • – **Asteriscos antes e depois de títulos**
  • – Múltiplos pontos de exclamação ou interrogação !?!

#2 Artigos Extensos Sem Fim

A sua audiência irá mais rapidamente abrir e ler um email com pouco texto do que ter a paciência para ler um mini livro. A razão é simples – com artigos curtos, o tempo de decisão de ler, abrir e agir (ou não) acaba por ser igualmente curto.

Quanto mais extenso o seu email é, mais provável se torna a decisão de quem o recebe de o ler mais tarde, e o objetivo não é certamente adiar a ação pretendida.

Quando colocam o seu email em lista de espera, a sua mensagem corre o risco de ser descartada antes de ser lida resultado esse da percepção do mesmo se tornar desatualizado.

Em vez de incluir todo o conteúdo no corpo do email, utilize parágrafos curtos que resumem os benefícios de aceder ao restante, na sua página de internet. Desta forma, a sua audiência não vai se importar de ler o seu email de imediato para que fique com uma ideia do seu possível valor.

#3 Morada De Email Desconhecida

A maioria de consumidores olham para o remetente, e o seu email, para decidirem o grau de confiança e relevância indexada ao conteúdo. Se por algum motivo não conhecerem o email ou desconfiar do mesmo, pode ter a certeza que o mesmo irá diretamente para o lixo.

Muitas empresas utilizam no-reply@ moradas de email para que não façam reply. Deverá pensar nisto como uma conversa de surdos. Se vai invadir a caixa de correio de alguém, no mínimo permita que lhe dêem resposta. No-reply implica que está simplesmente a transmitir informação com pouco interesse em ter um dialogo.

  • – Identifique-se logo de inicio – a pessoa e empresa que envia o email
  • – Utilize o mesmo email e que tenha de preferência o domínio associado a si ou à sua empresa

 #4 Links com Leia Mais ou Clique Aqui

Links chamam atenção enquanto a sua audiência explora o seu email. Como algumas pessoas vão só ler os títulos e pouco mais, ao menos facilite o processo e não perca a oportunidade de clicarem nos links.

Em vez de chamar cada link “Ler Mais” ou “Clique Aqui”, utilize pequenos títulos que fazem com que se perceba para onde está a levar o utilizador – call for action.

#5 Imagens Que Distraem

Algumas pessoas olham somente para as imagens, por isso certifique-se que as imagens que utiliza ajudam a passar a sua mensagem – a história. Qualquer distração desnecessária pode novamente ser a diferença entre um call to action ou um delete. Imagens podem realçar a mensagem quando:

  • –       evita imagens com demasiada informação ou detalhe a mais
  • –       utiliza pequenas imagens linkadas à versão maior online na sua página de internet
  • –       evita imagens de clip art
  • –       certifica-se que as imagens suportam a mensagem no texto
  • –       limita a utilização de uma imagem por artigo ou oferta

#6 Assunto Com Informação Chata

A função da linha do assunto de qualquer email é de incitar que a pessoa abra o mesmo, e não um local para colocar o nome associado ao email. Por exemplo, não utilizar algo semelhante a “Newsletter de Novembro”. Qualquer titulo parecido não vai entusiasmar ninguém.

Seja criativo e pensa nas seguintes formas de enfeitar o conteúdo:

  • –       Inclua benefícios imediatos associados com a leitura do email
  • –       Utilize o assunto para realçar uma das ofertas ou artigos do seu email
  • –       Repita o call to action no assunto do email
  • –       Repita um dos títulos do seu email
  • –       Utilize uma citação forte que se associe facilmente à sua mensagem

#7 Links Que Surpreendem O Destinatário

Os seus links deverão obrigatoriamente fornecer ao destinatário o que prometem fazer. Por exemplo, se o seu link diz “Informe-se das vantagens”, o mesmo não deverá ir diretamente para o download de um pdf. Se vai levar o utilizador para conteúdo ou para uma ação que envolva algum download, deverá explicar antes ou depois do link do mesmo incluindo o tamanho de qualquer ficheiro que o mesmo irá fazer download. Nem todos estão aceder com banda larga.

#8 Publicidade Estranha ou Desconhecida, para não dizer Irrelevante

Caso o seu email inclua patrocinadores ou outro tipo de publicidade, certifique-se do seguinte:

  • –       Que os patrocinadores e/ou publicidade é relevante – para a sua audiência, a sua empresa, os seus valores e a mensagem do email
  • –       Limite a publicidade a no máximo 20% do espaço utilizado no email
  • –       Não deixe que os anúncios sejam demasiado grandes ou desproporcional ao restante email – não podem parecer o principal foco do email

#9 Mensagens Repetitivas

Se por um lado a repetição ajuda a sua audiência a lembrar-se do seu email e da mensagem que pretende passar, por outro, utilizadores param de abrir emails que se repetem – a mesma mensagem ou os mesmos factos. Deja-vu.

Caso a sua audiência necessite de repetição para que atue perante o seu call to action,  diversifique o conteúdo incluindo novos factos ou informação. O objectivo é manter o valor percebido mesmo quando repete a mensagem ou o teor da mesma.

#10 Uma Disposição Desordenada

A disposição do seu email ajuda a repartir o seu conteúdo para que o seu email seja fácil de explorar. Quando tiver a desenhar a disposição do seu email, certifique-se que:

  • –       o seu conteúdo está organizado em grupos simétricos. Por exemplo, dois artigos lado a lado, ou um depois do outro
  • –       utiliza espaço branco e imagens. Estes elementos de design podem separar múltiplos artigos ou ofertas
  • –       utiliza colunas para agrupar conteúdo relacionado em conjunto. Separe conteúdo com menor importância do conteúdo principal

Bónus #1 Teste, Teste, Teste

Nada pior que receber um email mal formatado, com nomes dos campos da sua base de dados em vez da própria informação. Deverá sempre enviar um email de teste para uma conta sua no Hotmail, GMail, Outlook e qualquer outro cliente de email que possa testar. Olhe bem para o que vão estar a ver – tudo no sitio?

Bónus #2 Optimize Todo O Conteúdo

Este tópico poderia ser um artigo à parte. Se por um lado deverá optimizar todas s imagens para que tenha o menor tamanho (kb) possível, deverá de igual forma optimizar todo o conteúdo para que seja facilmente encontrado – caso coloque o seu newsletter online.

Bónus #3 Medir Para Suceder

Muitas pessoas não têm muita paciência para analisar as métricas mas não se esqueça que através dos números poderá encontrar o sucesso. Analise e compare.

Write a Comment

Comment