in Estudos, Social Media

CMOse os Desafios

Diretores de marketing estão a começar a sentir a pressão do mundo digital em que vivemos. Nos últimos 5 anos temos testemunhado uma alteração sísmica no marketing de tradicional para uma integração do digital – realtime marketing.

Esta metamorfose tem deixado os CMOs (Chief Marketing Officers) ocupados com a constante preocupação em como adaptar e liderar num futuro incerto. Um recente estudo a CMOs pela IBM revelou que 78% de CMOs esperam uma maior complexidade no seu trabalho no decorrer dos próximos 5 anos, mas só 48% acham-se preparados para enfrentar esta complexidade.

O estudo efectuado a mais de 1,700 CMOs resultou nos seguintes quatro pontos:

  1. A explosão de dados: 90% de todos os dados no mundo, foram criados nos últimos 2 anos
  2. O Crescimento de social media: 56% dos CMOs assumem social media como a forma principal de engagement
  3. Opções de canais e aparelhos: A prioridade tornou-se no numero elevado de aparelhos, smartphones e tablets bem como nos novos canais de marketing
  4. Alteração na demografia:  novos mercados globais e o influxo de novas gerações com diferentes padrões de acesso a informação e consumo estão a alterar o mercado.

A maior lacuna é de facto na amplidão do termo social media e tudo inerente, deixando muitos incapazes de reagir à tecnologia e os seus constantes avanços. 68% dos executivos estão assim mal equipados/preparados para enfrentar social media.

Mais estranho ainda é que mais de 2/3 planeiam aumentar a utilização de social media nas suas empresas, especialmente tendo em conta o aumento da utilização de smartphones e tablets no mercado – mobile. Mas somente 1/4 acham que necessitam de adquirir um maior conhecimento de social media. A maioria de CMOs continua a depender de market research tradicional, deixando para trás blogues, social e outras ferramentas digitais de comunicação.

A liderança no marketing, que se assume ser da responsabilidade do CMO, deveria se centrar na implementação e compreensão de cada touchpoint da marca para que os objetivos sejam alcançados e de preferência, superados. Mas para isso, não se pode entrar no mundo digital sem a devida preparação.

Na era de social media, o conhecimento sobre o cliente está disperso e só com uma equipa preparada e instruída, é que se pode recolher toda esta informação, recomendando ações que alavanquem o conhecimento sem a burocracia e necessidade das deveras reuniões. Existe uma verdadeira lacuna no talento existente que possa lidar com estes desafios.

Enquanto os CMOs admitem que dados e conhecimento são fundamentais para o futuro da sua empresa, somente 26% é que monitorizam blogues e 42% analisam opiniões de clientes – dois exemplos que ajudam a formar uma estratégia de marketing. Em vez disso, 82% de CMOs utilizam market research tradicional e 80% benchmarking competitivo.

O verdadeiro desafio reside em cortar com algumas relações com as principais agências deixando caminho para trabalharem com as boutiques, pequenas e especializadas em cada área. Os orçamentos de marketing, cada vez mais reduzidos, estão a ser desperdiçados em campanhas que pouco trazem em retorno real, acreditando muitos na necessidade de continuar a investir de forma massificada. O marketing ainda continua centrado em mapas, apresentações e brand wheels quando na realidade devia estar centrado nas pessoas – nas relações.

httpv://www.youtube.com/watch?v=KZDMNU9q5DY

 

Write a Comment

Comment