in Mobile

Jeff Bezos Da Amazon Acordar O Mercado

Jeff Bezos Da Amazon Acordar O Mercado

Antes da Amazon lançar o Kindle Fire, existia o rumor que a Amazon estaria a preparar-se para produzir um tablet. Agora, começa a circular o rumor que a Amazon prepara-se para lançar um smartphone. Mas não devemos, nem podemos, repudiar esta possibilidade pois parece-me bem provável.

A Apple e a Amazon têm seguido a mesma estratégia – closed, ao contrário de Google e muitos outros – open. Se por um lado a Apple tem um ecossistema que se centra no iTunes e com aparelhos tão diversos como o iPod, iPad e iPhone, a Amazon chegou um pouco mais tarda à corrida escolhendo ignorar o leitor MP3 e saltar para a grande oportunidade que esta a ser o mercado de tablets. O seu ecossistema em torno da mega loja online Amazon.com, já se liga diretamente ao Kindle Fire e agora só falta o smartphone.

Num inquérito publicado há umas semanas pela Changewave que inqueriu 3,000 consumidores que estavam a pensar em comprar um tablet, 65% disseram que iriam comprar um iPad, 22% o Kindle Fire e os restante 4% a Galaxy Tab da Samsung.

Os números, que se começam a ver no mercado, em torno das vendas de tablets demonstram que o primeiro e segundo lugar ficaram logo definidos pelo iPad e Kindle Fire, deixando os outros para lutar pelos restantes irrelevantes lugares. É que como o Kindle Fire não está a afectar as vendas do iPad (confirmado), está sim é a distanciar todos os outros tablets – Galaxy, Xoom, Playbook, etc. E ainda não chegaram tablets com Windows 8. Se nos guiarmos pelas vendas lentas de smartphones com o sistema operativo novo da Windows, pouco irá mudar nestes dois primeiros lugares.

Os resultados da Changewave demonstram que o Kindle Fire não está a retirar o mercado ao iPad – boas noticias para a Apple e para a Amazon, até porque o mercado já percebeu a diferença entre ambos – um high-end e outro low-end, o que agrada a ambas as empresas – Amazon teve um enorme cuidado em não posicionar o Kindle Fire como concorrente do iPad.

Mas se estas noticias parecem más agora para Google, vejamos o que poderá/irá acontecer com o lançamento de um smartphone da Amazon. Utilizando a mesma estratégia do Kindle Fire, que perde dinheiro com cada unidade vendida mas recupera-o através de vendas no Amazon.com, o smartphone deles vai seguir o mesmo caminho – um smartphone com base no sistema operativo Android mas alterado para ter um UI (user interface Amazon) a um preço imbatível – $99 USD ou gratuito com assinatura de contrato de 2 anos. Este smartphone irá certamente destruir o mercado da Samsung e todos os outros que utilizam Android.

Google falhou no seu ecossistema e nas diversas versões de Android que permanecem desatualizadas, demonstrando uma inconsistência no mercado que faz com que o consumidor não escolha essas tablets – mesmo com os mais recentes profundos descontos da RIM para o Playbook. Android vai ter um ano problemático em 2012 para todas as suas tablets incluindo a da Samsung.

Amazon continua no ataque preparando o caminho para o seu próximo tablet Fire com 8.9” arrumando com o restante mercado.

Mas 2012 vai trazer mais novidades – o Amazon smartphone. Sim, é neste momento um rumor, igual ao do seu tablet – mas se tivermos atentes à estratégia da Amazon com o seu ecossistema fechado e dependente em aparelhos mobiles dedicados à sua missão – o Amazon smartphone não é um rumor. Será mais uma questão de “quando” em vez de “se”. É a decisão mais natural para a Amazon. Utilizando a sua experiência com o Kindle Fire, anteriores versões de Kindle e o seu redesign da página para se concentrar na experiência mobile, concentrando-se na venda do seu conteúdo, o smartphone irá ser um enorme sucesso. A marca Amazon e toda a confiança nela, irá contribuir de igual forma.

Para aqueles que ainda duvidam, vejam a noticia da compra da YAP, um sistema parecido com o da Siri da Apple, que permite à Amazon ter voice to text, algo que muitos acreditam ser o futuro na utilização de aparelhos mobile – e Amazon já tem o seu próprio sistema Cloud. O que falta então? Nada se acreditarmos no smartphone para 2012.

Este smartphone vai chegar numa altura em que o mercado de smartphones está a ficar confuso, estagnado e saturado com muito do mesmo. Com o iPhone 4S, 4 e até o 3S a esgotarem constantemente, Apple parece estar a conseguir manter a sua liderança no mercado high-end, enquanto vai ficando com uma fatia cada vez mais significante to low-end com o iPhone 3S.

A entrada do Amazon smartphone irá certamente agitar de novo o mercado massificado low-end de smartphones que tem sido dominado em grande parte pela Samsung.

Write a Comment

Comment