in Networking

Se está à espera de encontrar uma correlação direta entre as suas atividades de networking e os Euros que colhe como resultado, vai garantidamente sofrer uma desilusão.

Não é como chamadas a frio, onde por cada 500 chamadas, fala com 50 pessoas, 7 fecham uma venda e 493 das chamadas foram uma grande perda de tempo.

Não é como enviar 1000 emails e apenas ver 3 aberturas, que lhe dá um péssimo resultado.

Se o seu objetivo é obter resultados imediatos, independentemente de serem fracos estas alternativas podem estar muito próximas de si. Publicidade em massa? Claro que funciona, mas mesmo os métodos tradicionais não lhe conseguem conferir o número de clientes que chegam à sua empresa como resultado da enorme quantia de dinheiro que investiu.

O retorno que recebe dos seus esforços de networking é idêntico às maçãs que apanha de uma colheita que começou com uma simples semente. Não pode esperar nada no seu primeiro ano ou mesmo no segundo ou terceiro. Mas no quarto ano, aquela árvore não lhe vai dar apenas frutos mas vai espalhar novas sementes e como resultado final vai obter um pomar.

Com o networking, a escala de tempo não é assim tão assustadora; pode não demorar tantos anos para começar a ver resultados, mas vai seguramente demorar alguns meses. No início pode começar a receber poucas referências, mas começa a pagar a sério quando demorou o tempo suficiente a construir uma rede de referências substancial.

Quando começa a receber referências de pessoas que nunca ouviu falar, pessoas que estão ligadas a si através de parceiros de negócio, de tantas e tantas fontes diferentes que algumas delas nem vai saber se são provenientes dos seus esforços em networking.

Embora a complexidade da sua rede de contatos pode não ser aparente para si, os resultados de um bom sistema de referências são mensuráveis.

Estratégia pronta a implementar

Aqui está uma forma de medir o seu sucesso em networking:

Das pessoas que conhece num evento de networking, qual é a percentagem das que se lembra 72 horas depois? Esta é uma métrica para a sua identidade visível e é apenas um simples fator, muito significante que determina o quão bem sucedido está a ser no networking.

Networking é muito mais do que apenas conhecer pessoas e não é acerca de quantas vendas consegue obter das pessoas que conhece.

É acerca de quão bem é lembrado por um novo contato e se conseguiu causar uma diferenciação de todas as outras pessoas que conheceu naquele dia.

Uma das métricas mais importantes é o número de contatos de café (reuniões de follow-up) que tem com os seus novos contatos – pelo menos daqueles com quem quer fazer networking.

Um contato que não é acompanhado nunca se vai tornar parte da sua rede. Não vai existir negócio algum – zero vendas, zero referências, zero reuniões com o CEO poderoso que esse contato pode conhecer – a menos que faça um acompanhamento eficaz.

Pode medir os resultados, mas para isso tem de medir as suas atividade de networking. A maioria das grandes empresas faz com que a sua equipa de vendas monitorize as atividades erradas e não compreendem porque é que os seus esforços em networking não estão a funcionar. Para obter os resultados que espera, tem de monitorizar os esforços corretos.

Write a Comment

Comment