in iPad

iPad Rejeitado Na China

Enquanto estava eu em Paris na conferência Le Web, a Apple estava a levar com os Chineses. Ao que parece, os seus advogados andam um pouco distraídos – $1.5 biliões de USD de distração.

No mercado em que a Apple intenciona ganhar mais, perdeu a semana passada o direito de utilizar o nome iPad na China. As opções agora são simples – ou altera o nome ou paga uma compensação. Conhecendo a Apple e o que está em jogo, parece estar prestes a comprar um nome por mais de um bilião de USD, pela segunda vez.

Este caso já se arrastava desde 2006 quando a Apple supostamente comprou o direito de utilizar iPad na China por $55,104 – peanuts. Mas o que nunca imaginou é que a Proview Electronics (Taiwan) não tinha os direitos do nome, mas sim a Proview Technology (Shenzhen). O que ninguém percebe é que como foi possível os advogados da Apple deixarem passar isto – e o que faria Steve Jobs?

Pior é que a Apple recusou a compra do nome por $10 milhões de USD durante este processo, provavelmente com base nas informações dos mesmos advogados – aqueles que devem estar a usufruir do desemprego sem regalias.

Como é tão raro um episódio destes acontecer à Apple, imagino que tudo isto foi algo impensável internamente. Mas a solução já foi proposta – $1.5 biliões de USD pela utilização do nome – ponto final. Nem nunca a Proview imaginou ganhar tanto em tão pouco tempo, e de uma empresa tão prestigiada como a Apple.

Enquanto a Apple prepara o cheque, a Proview não está a perder tempo, processando todas as lojas que vendem o iPad bem como qualquer outra que tenha a mínima ligação com a empresa de Cupertino e o seu iPad.

Acrescentar a estes erros, os advogados da Apple ainda tentaram utilizar em tribunal a desculpa que não percebiam Chinês e desta forma esse mesmo facto impediu-os que tivessem as informações corretas. Parece-me altura de mudar de estratégia.

Irónico é que a Apple tem lutado contra a violação da sua propriedade intelectual, no que concerne a copias dos seus produtos vendidos na China, mas agora perde num tribunal na China por violar a propriedade intelectual de outra empresa.

Escrevo aqui uma dica em Inglês para os advogados da Apple perceberem – Always read the fine print…

(Imagem: MicGadget)

Write a Comment

Comment