in Mobile

Argentina Bloqueia iPhone

Argentina bloqueou temporariamente vendas de certos produtos electrónicos no seu território, incluindo o iPhone da Apple e BlackBerry da RIM, a fim de estabilizar a sua economia que continua em queda. A sua sugestão é que as empresas que querem ver os seus produtos à venda deverão investir em fabricas locais.

Conforme o site Manuals.ws, a decisão do governo Argentino prende-se com a identificação de alguns produtos electrónicos para que a inflação seja controlada e que exista assim uma correção na disparidade entre as duas moedas, peso e USD.

Para que a Apple possa continuar a vender o seu iPhone, a maior empresa de tecnologia do mundo deverá construir uma fábrica local ou entrar em parceria com uma fabrica local. Parece-me pouco provável que este tipo de chantagem venha a ter algum peso nas decisões estratégicas da Apple.

Em contrasto, para empresas que veem todos os mercados como essenciais para quebrar a sua queda de vendas ou nas melhores hipóteses ver os seus aparelhos a vender na Argentina, muitas já entraram em parceria – Motorola, Samsung e Nokia.

Argentina tem feito tudo para travar o sucesso de algumas marcas dos Estados Unidos no seu território, incluindo a eliminação de licenças automáticas de importação forçando um período de 60 a 180 dias de espera para que a mercadoria seja autorizada a entrar na Argentina.

Nem o aumento de imposto para os 40% impactou à venda destes aparelhos premium, representando em Outubro deste ano 60% do total mercado de smartphones (Apple e RIM).

 

Write a Comment

Comment