in Tecnologia

Yahoo CEO Scott Thompson

Yahoo, o pioneiro da Internet, anunciou na ultima Quarta-feira, o seu novo CEO, Scott Thompson com o intuito de reverter o pobre desempenho de o seu negocio online, atacado por os seus rivais Google e Facebook.

Thompson, de 54 anos, presidente da Paypal, que pertence à gigante eBay, substitui Tim Morse, o CEO interino, após a saída da tempestuosa Carol “Yahoo Fucked Me Over” Bartz.

O Chairman da Yahoo descreveu a escolha do próximo CEO que começa oficialmente Segunda-feira:

“Scott has an impressive track record as a business leader taking existing online businesses and building them up – delivering growth, and increased value in the process.”

Thompson assume o papel de CEO consciente do gigantesco desafio à sua frente, demonstrado pela rotatividade de CEOs nos últimos anos. Bartz durou pouco mais de 2 anos, após ter simplesmente cortado custos, em grande parte resultado de despedimentos.

Se Thompson tem o necessário talento (e sorte) para dar a volta às fortunas de Yahoo, ninguém sabe. O modelo de negocio de Yahoo já está sobre pressão há muito tempo e a empresa surpreendeu mais uma vez, por ir buscar um CEO de um diferente tipo de negocio.

Nos últimos meses, Yahoo tem explorado várias opções estratégicas, incluindo a possível venda, ou parte, da empresa. Dado esta nova contratação, parece a venda estar por enquanto pouco provável. Mas ainda existe a possibilidade de venderem os seus 42% do grupo Alibaba e 35% de Yahoo Japan.

O seu core business de publicidade online continua a ser desafiada por Google e Facebook. O mercado de publicidade online nos EUA cresceu 20.2% enquanto o share da Yahoo desceu 11% durante o ano passado.

Analistas acreditam que Yahoo esta a passar já há algum tempo por uma crise de identidade. Não sabem se são uma empresa de market research, empresa de dados ou uma empresa de media ou uma peça fundamental no mercado de tecnologia.

(imagem: FastCompany)

Write a Comment

Comment

Webmentions

  • Uma Mentira no CV Obriga o CEO do Yahoo a Demitir-se Por Razões “Pessoais” |

    […] achar, como a maioria dos Portugueses, que falo e percebo Espanhol – está no nosso ADN.Mas o Scott Thompson, CEO da Yahoo, foi mais longe – esteve 10 anos a ser contratado na industria tech no pressuposto […]