in Travel

onepercent

Ativistas, auto intitulados Occupy Wall Street, começaram a juntar-se em Lower Manhattan, unindo-se contra as condições económicas atuais nos Estados Unidos. No inicio eram pouco mais de 200 pessoas numa pequena zona verde no distrito financeiro, Zuccotti Park.

Rapidamente os protestos espalharam-se pelo mundo fora, mas como já tínhamos reportado, sem uma orientação central e exigências, pouco poderia resultar de tal protesto. Agora, muitos começam a sentir frustrados com o movimento, e provavelmente com o facto que continuam a existir os 1%. E como os Ingleses dizem, “if you can’t beat them, join them.” Mas como? Damos aqui algumas dicas.

Como se apresentar – o cartão de visita

Cartão Visita

Para se integrar verdadeiramente no mundo dos 1%, têm que marcar uma forte impressão cada vez que conhece um futuro potencial colega. Nada melhor então que ter o cartão de visita da Black Astrum, que só custa $1,500 USD por cada cartão. O que recebe por estes trocos? Um cartão de especial metal da Suíça perfurado com diamantes – a conta é simples, 30 cartões dá 30 karats. Mas, e há sempre um mas, para variar a compra destes cartões é só por convite. Alternativa, uma serralharia, umas pedras brilhantes, e ninguém irá saber.

Onde comer – o hamburger special one       

HamburguerO que comemos e onde comemos é sempre importante quanto queremos estar no meio dos 1%. O problema é que ir do McDonalds para aqueles restaurantes franceses onde nao percebemos nada da ementa, complica-nos a vida e mexe com o nosso sistema digestivo. A solução? Uma hambúrguer. Mas não qualquer hambúrguer. The Fleurburger 5000. Em Las Vegas, dirige-se ao Mandalay Bay Hotel Resort & Casino e visite um restaurante onde pode comer a sua refeição favorita sem ficar com vergonha. A $5,000 USD por hambúrguer, quem lhe vai gozar? Por esse preço, recebe uma hambúrguer de Kobe com foie gras de pato com sauteed truffles mas acompanhado (oferta) de uma garrafa de Chateau Petrus. Nice. Acho eu.

No final do dia, têm que relaxar – sozinho ou acompanhado no jacuzzi de ouro

SPAA equipa de design Italiana, Arcaro Martini, criou e lançou o primeiro spa (Jacuzzi cá para nós) construído com ouro (24 karat). A banheira forrada a ouro inclui cristais Swarovski e custa nada mais, nada menos que $100,000, o que parece um bom preço. No mundo dos 1%, o ouro e escolhe preferida.

Write a Comment

Comment