in Redes Sociais

ReBrick

Pode não parecer, mas Lego é muito mais que as peças com que jogávamos quando éramos mais novos. Tornou-se um culto de fás de todas as idades e de todos os cantos do mundo.

Não são poucas as histórias com a de Nathan Sawaya, um advogado que desistiu da sua carreira para se tornar num artista que cria arte somente através da utilização das peças de Lego. Hoje em dia é contratado para fazer todo o tipo de arte, sempre com os blocos coloridos, inclusivo passa a maioria do seu tempo de cidade para cidade, a expor o seu trabalho.

Mas poucas outras marcas têm tido o sucesso que Lego tem tido em cultivar uma comunidade dedicada e apaixonada em torno do seu produto que pouco ou nada tem evoluído desde o seu inicio.

A ReBrick, é assim a primeira vez que a Lego torna-se num polo para todos aqueles que têm criado milhares de grupos e comunidades em torno da sua paixão – Lego.

Mas a ideia de criar esta rede social não é para substituir todos essas comunidades mas sim um local onde se pode colocar fotografias e vídeos de todas as obras criadas com Lego, atraindo uma maior visibilidade para cada amante do Lego bem como para a própria marca.

Peter Espersen, responsável pela comunidade online da Lego, explica que “Lego tem uma comunidade forte e vibrante, com centenas de milhares de vídeos e muito mais, de fotografias, online… mas as mesmas estão distribuídas por milhares de blogues e sites na Web.”

Lego espera que ReBrick seja um ponto central para todo esse conteúdo, mas não vai querer competir com as restantes comunidades, simplesmente uni-las num único sitio, agregando e realçando o que existe online.

Lego quer assim contribuir em dar crédito  a quem merece por toda a sua imaginação, arte e paixão. O site tem estado a ser lançado por fases, convidando grupos de fãs a juntarem-se, recolhendo opiniões para criar algo genuinamente focado no fã.

Lego promete manter o site sem publicidade ou mensagens de marketing, mas Espersen fez entender que o site será utilizado para efeitos de marketing. Esta transparência foi bem recebida por todos que percebem que nada na vida é gratuito.

O site abriu ao publico em Dezembro mas até hoje não existiu nenhuma divulgação por parte da Lego, acreditando eles que a melhor forma de a promover é através do passa palavra. Não tendo acesso a números de membros, Espersen diz ter já mais do que 100,000 registos únicos no ReBrick.

Com fome?

McDonald's em Lego

 

Write a Comment

Comment