in Twitter

Criminosos No Twitter

Sinceramente preferia ficar a saber que tudo isto é uma brincadeira pois as consequências são sérias para qualquer um de nós que utiliza social media e vai, ou está a pensar ir, aos Estados Unidos.

Para quem já chegou a um aeroporto dos Estados Unidos, tendo chegado de outro país, certamente lembra-se da sensação que é sermos inqueridos na alfandega.

Há uns anos atrás, quando ia para o Nightclub & Bar Expo em Las Vegas como orador, fui detido durante 3 horas simplesmente porque quando respondi à razão da minha ida, disse que ia para uma feira de discotecas mas trabalhava numa agência de marketing. A aparente falta de coerência levou a que tivessem que confirmar se seria ou não verdade. Perdi o meu voo e apanhei um gigante cagaço.

Nada comparado com dois idiotas ingleses que foram detidos no aeroporto de Los Angeles por causa de 2 tweets. Passaram 12 horas numa célula, um deles acompanhado por dois mexicanos que teriam sido apanhados com cocaína, só para depois voltarem para o aeroporto para serem repatriados para Inglaterra.

Tweet Errado

Com base nos 2 tweets, o Department of Homeland Security, achou que Leigh Van Bryan e a sua amiga, Emily Banting, representavam uma ameaça à segurança dos EUA. Sinceramente, parece-me mais que seriam uma ameaça à inteligência, algo que não deveria ser  razão para não deixar alguém entrar no país – se fosse, a maioria ficaria certamente fora.

Mesmo depois de Leigh ter explicado que “destroy America” neste caso era calão para apanhar uma gigante bebedeira, o mesmo não convenceu os agentes, e o par foi detido.

O outro tweet ainda parece mais caricato dado ser a citação “pissing people off in Hollywood Blvd. and diggin’ Marilyn Monroe up!”, de um programa Americano Family Guy.

Mas ninguém achou piada e ambos foram detidos por suspeitas de estarem a planearem crimes nos Estados Unidos.

Não será por acaso que tem existido muita critica em torno da política de criação e utilização de perfis falsos para apanhar este tipo de criminosos. Para quem viaja para os EUA, fica aqui o aviso de algumas das palavras que não deverá nunca utilizar:

  • –  Illegal immigrant
  • –  Outbreak
  • –  Drill
  • –  Strain
  • –  Virus
  • –  Recovery
  • –  Death
  • –  Collapse
  • –  Human to Animal
  • –  Trojan

Confesso gostar do Human to Animal. Na realidade qualquer pessoa que consiga utilizar isso num tweet, provavelmente merece ser recambiada para o seu país de origin.

Este é mais um aviso dos controlos e legislação que dá demasiado poder a agências retirando assim todos os direitos ao cidadão. Só podemos na realidade acusar este dois de estupidez mas daí a serem uma ameaça?

Não é de estranhar que a conta no Twitter de Leigh está agora em modo privado. Ao menos assim pode continuar a dizer as mesmas bacoradas. A melhor defesa de carácter vaio de um amigo de Leigh que explicou “He would not hurt anyone. He is gay”. Difícil inventar isto.

Disclaimer: este post não tem tags para eu poder ir aos Estados Unidos novamente.

In DailyMail.

Write a Comment

Comment