in Apps

Girls Around Me

Na maioria de casos, quando olhamos para um app, raramente conseguimos logo ver o potencial para o mesmo tornar-se numa arma contra alguém. Mas infelizmente, existem alguns que conseguem sempre encontrar uma utilidade alternativa para o mal dos outros.

Girls Around Me, um app que existe para encontrar mulheres perto de onde se encontra, foi descarregado por mais de 70,000 utilizadores antes de Foursquare ter decido retira-lo por questões de privacidade.

Mas o problema não é tanto com o app ligado ao Foursquare, mas sim o facto que o mesmo depois ligava ao Facebook e foi este cruzamento de informação que levantou algumas reservas sobre a sua adequação tendo em conta os perigos existentes.

Girls Around Me (retirado) utilizava Foursquare para determinar a localização do utilizador, procurando depois as mulheres mais perto, por menos aquelas que teriam efectuado o check-in num local por perto.

Depois de identificar uma mulher com quem o utilizador gostaria de falar, e sem elas saberem que estariam a ser procuradas/encontradas, o app dava a oportunidade de ligar ao perfil da mulher, no Facebook, ficando assim o utilizador com o nome, fotografia e quais quer outros dados disponíveis através das configurações de privacidade da pessoa em questão.

O problema identificado foi mesmo com o facto que a app ligava ao Facebook para ajudar a cruzar informação, tornando-se numa espécie de app de perseguição do sexo feminino.

Este é um exemplo de algo que acontece sistematicamente online – utilizadores que não se preocupam com as suas configurações de privacidade e que utilizam serviços sem saber bem das implicações inerentes ao seu uso – mas a responsabilidade também está do lado dos serviços que permitem apps e que não avisam os utilizadores dos riscos.

Depois da noticia que apareceu no Cult of Mac, Foursquare desligou o acesso ao API e a Apple retirou o app da sua App Store, app esse desenvolvido por uma empresa Russa SMS Services O.o.o.

A app também deixava procurar homens mas parece que não existe tanta preocupação connosco. O serviço era gratuito, mas depois de algumas pesquisas, o utilizador teria que comprar “mais energia” para continuar na sua busca de alguém com quem falar.

Girls Around Me

imagem de artigo: Cult of Mac

Write a Comment

Comment