in Apps

Niiiws

Após ter escrito um artigo de opinião sobre o que penso da impossível missão em convencer os Portugueses a comprarem somente o que é produzido em Portugal, acabei por passar o dia a defender a minha linha de pensamento. Se por um lado não procurei ofender ninguém, acabei por ter várias conversas, online e offline, que acabaram por ser positivas – por menos para mim.

Dois dias depois encontrei por acaso um exemplo do que na realidade devíamos estar a fazer – produzir algo em Portugal que tem a qualidade que procuramos sem termos que ceder o nosso nível de exigência – o app Niiiws.

O app não é original mas também já não procuro originalidade preferindo funcionalidade e utilidade, algo que me facilite a vida. Como já não compro um jornal Português há anos, aliás não compro nenhum jornal, acabo sempre por ter que procurar noticias portuguesas online – uma experiência pouco apelativa nos melhores dos dias.

Descarreguei o app, para o iPad, e rapidamente cheguei à página principal para o registo. O design é atual, leve mas com uma coerência comparável ao melhor nível internacional – felizmente evitaram o over-design. O registo é simples e não requer validação por email, algo que pode em algumas circunstâncias perder o utilizador pelo caminho.

Na minha opinião falta o Facebook connect, não só por ser uma forma mais rápida de me registar, como evita ter que abrir outra conta com password, como também poupa-me de episodios como o do ano passado. Depois de ter deixado um comentário no site gaker, acabei por ter a minha password e email publicada online, com mais 1 milhão de pessoas, após o site ter sofrido um ataque. Facebook connect faz com que só me tenha que preocupar com o Facebook, e uma password.

Após uma troca de emails com o João Lopes Martins, fiquei a saber mais sobre o app, e para onde caminham. No app store, o app é descrito como: “Leia críticas, obtenha classificações de clientes, veja capturas de ecrã e saiba mais sobre Niiiws PT na App Store. Descarregue Niiiws PT e tire partido da aplicação no seu iPhone, iPad e iPod touch.”

Fiquei especialmente impressionado por não encontrar noticias do Correio da Manhã pelo meio das noticias escolhidas para serem apresentadas aos utilizadores – isto até chegar à secção da Cultura, quando a noticia em destaque era do Correio da Manhã.

Brincadeiras à parte, fiquei curioso e perguntei ao João qual o critério para a apresentação das noticias. As fontes de noticias são neste momento da imprensa de banca nacional, que infelizmente, para mim, inclui o Correio da Manhã, mas a app é para todos.

A estratégia de lançamento e o roadmap implícito parece seguir o que outros têm feito e com sucesso. Lançar cedo e depois alterar e adicionar funcionalidades com alguma frequência. O feedback certamente irá ajudar a melhor a app. De futuro gostaria de ter controlo sobre as fontes escolhidas bem como os tópicos de interesse – se por um lado descartava a política, por outro gostaria de ter tecnologia.

Mas como é que as noticias são escolhidas? João explica que algumas fontes estão mal organizadas, ou mal trabalhadas nas redes sociais e aqui fica uma pista para quem fique curioso em saber como as noticias são escolhidas, dado que a restante resposta pareceu-me algo vaga – Niiiws mede a relevância das noticias nas redes sociais, ou seja só as mais “badaladas” é que aparecem. Para ser justo, não estava à espera que me explicassem qual o seu secret sauce.

Confesso que não sou dado a criticas escritas de apps, mas neste caso achei o processo perfeito. Uma app criada por Portugueses, de qualidade internacional, divulgado nos sítios certos pelo fundador, aquele que se disponibiliza logo para responder às questões que possamos ter – fora do horário “laboral”. O que vai certamente intrigar muitos é, porque é que nenhum grupo grande da imprensa pensou nisto?

httpv://youtu.be/3dNRitoIJig

Write a Comment

Comment