in Tecnologia

eBay Novo Logótipo

A maioria das pessoas ainda associam eBay a uma plataforma de leilões, mas na realidade, a estratégia da eBay tem mudado nos últimos anos, tornando a plataforma num local de eCommerce com a maior percentagem de itens vendidos a pronto e não em leilão. Deverá a Amazon estar atente?

Normalmente, a alteração de logótipo, e pouco mais, revela que algo está mal internamente. Lembram-se da mudança de logótipo da HP?

Perante As Indecisões e Erros Da HP, Finalmente Encontraram a Solução – Um Logótipo Novo

O sistema de leilão da eBay até funcionou, e muito bem, durante alguns anos, mas o leilão online, revelou-se muito diferente do offline. Com tempo, os utilizadores e vendedores encontraram formas de o manipular. Presentemente os leilões estão repletos de bots que destroem  toda a experiência de compra para quem está seriamente interessada em comprar algo ao melhor preço possível.

O facto que os leilões online utilizavam um sistema de tempo, fez com que os mesmos desvirtuassem o próprio conceito do leilão – esta adaptação, onde o ultimo a colocar a sua oferta no ultimo milissegundo, ganhava. Até lá, ninguém aumentava o preço – a tal necessidade de ter bots para o fazer.

A minha ultima experiência no eBay foi há dois anos atrás quando decidi comprar uma maquina de fotografar online. Procurava um modelo superior a preço inferior – afinal não é esse o objectivo de uma plataforma como a eBay?

Verifiquei que todos os outros “interessados” eram compradores com perfis sem fotografia e qualquer informação que me pudesse indicar que existia uma pessoa por detrás do perfil. Desisti e o leilão terminou. Pouco depois fui contacto por email pelo vendedor, frustrado com o processo, decidindo assim perguntar-me diretamente se eu seria um verdadeiro interessado.

Acabei por não comprar pois o vendedor desapareceu do mapa. Estranho. Esta experiência foi a ultima que me levou a perder todo o interesse pelo eBay. Durante este processo, reparei que cada vez mais, os produtos à venda não estavam em leilão mas sim com “Buy It Now”, ou seja, estavam a ir de um processo de leilão para a venda directa, competindo com outros, tal como a Amazon.

Uma simples comparação entre os preços da Amazon e da eBay, revelava que a falta de foco da eBay teria, mais tarde ou mais cedo, um impacto negativo na sua utilização. É estimado que acima de 75% dos produtos à venda no eBay são de venda direta – uma mudança de leilão para venda direta.

Mas existem várias diferenças entre a eBay e a Amazon. Enquanto a Amazon controla o processo, e assim a experiência de compra, através dos seus armazéns, funcionando como uma espécie de agente, a eBay funciona como uma plataforma onde a mercadoria é enviada diretamente do país do vendedor para a sua morada. Se vier da China, como a maioria vem, o tempo de espera pode parecer uma eternidade, e a experiência de compra está nas mãos de terceiros – nada bom.

O novo logótipo da eBay, mais clean, tem o objetivo de refletir o seu novo negocio, que procura transmitir a ideia que o processo de compra/venda está agora muito mais fluido e optimizado. A realidade é que eBay e Amazon são ambas autênticos mercados onde se pode comprar praticamente tudo que procuramos, mas ambas as empresa têm experiências diferentes.

Amazon, com o seu intenso foco, consegue ter uma lealdade por parte do seu cliente, muito diferente do da eBay, muito por causa dos seus investimentos que agora incluem tablets para melhorar a experiência da compra na sua própria plataforma.

Amazon tem investido noutras áreas tais como em audiobooks, para o download de livros em áudio (Audible.com) bem como o download de vídeos. A sua compra de uma das melhores empresas de eCommerce, a Zappos.com, aumentou o seu leque de produtos, bem como deu acesso à tecnologia de logística e armazenamento que a Zappos tinha desenvolvido.

eBay continuará assim a ser o local onde se encontra algo diferente, como por exemplo artigos procurados por colecionadores, e não é certamente com uma alteração de logótipo que o consumidor vai mudar da Amazon para eBay, pelo menos nos Estados Unidos e Reino Unido. Ficaremos atentes à futura internacionalização da Amazon.

Write a Comment

Comment