in Tecnologia

Se 2011 era suposto ser o ano do 3D e 2012 o ano das SmartTVs, o que podemos esperar para 2013? Nada do que estão a prever no CES 2013, isso é certo.

Este ano que passou, verificamos um aumento no numero de televisões com 3D e com o descritivo de SmartTv, mas a compra não fui estimulada por nenhum destes factores – simplesmente, as televisões passaram a ter capacidades 3D e acesso à Internet.

Já tinha escrito sobre este tópico por uma razão muito simples – tenho uma televisão “SmartTv” que é tudo menos inteligente:

Agora chega-nos a prova que afinal estávamos corretos. As vendas de SmartTvs estão de facto a crescer, mas a maioria dos Americanos (assumo que Portugal não é diferente) não são suficientemente “inteligentes” para as utilizar, ou mais provavelmente, escolhem não utilizar as funcionalidades que lhes testam a paciência.

As estimativas revelam que existem 25 milhões de SmartTvs nos Estados Unidos, isto das 144 milhões de televisões no global (fonte: NPD Group). Mas somente 12 milhões é que estão conectadas à Internet e a maioria não utilizam serviços de terceiros tais como Netflix, YouTube ou Hulu.

Outro estudo da Council on Research Excellence, da One Touch Intelligence, revela que 50% das SmartTvs estão ligadas à Internet e este rácio não muda com o aumento no numero de SmartTvs compradas. Algo que deixa a maioria dos fabricantes perplexos com o resultado.

Mas perplexos porquê? Será que nunca nenhuma das pessoas envolvidas neste processo percebe que é quase impossível utilizar uma das televisões de forma inteligente?

Enquanto alguns clientes ainda estão com algumas duvidas sobre a necessidade, ou até utilidade, de ligar uma televisão à Internet, a restante, que já investiu, parece preferir ignorar esta “funcionalidade”.

Algo que me parece idêntico à altura em que o mundo dos telemóveis revolvia em torno da Nokia, e em que a maioria dos consumidores só utilizava 25% das funcionalidades – isto até 2007 – ano do iPhone, em que o mundo dos smartphones mudou, para sempre.

Estamos então à espera do quê, ou de quem? Porque não conseguem a Google, LG, Samsung e todos os outros fabricantes das supostas SmartTvs resolverem este problema?

Happy New Year!

Write a Comment

Comment