in LisbonBIG

Para a maioria das pessoas envolvidas com starups, diretamente ou indiretamente, o nome Paul Graham é uma daqueles pessoas que todos deveriam conhecer. Paul é responsável pelo Y Combinator, descrito pela Wired como “The most prestigious program for budding digital entrepreneurs.”

Algo que admiro no Paul é a sua frontalidade em não iludir aqueles que se preparam para embarcar no empreendedorismo – um jornada solitária repleta de desafios e barreiras a cada esquina.

Mas ele não é o único a partilhar este sentimento – Dave McClure, um dos mais conhecidos e emblemáticos angel investors, recentemente disse que “Startups wil f***ing fail 24 hours before demo day.” Mas de onde vêm todo este pessimismo? Sinceramente, as probabilidades de sucesso são baixas.

O novo programa  Lisbon Big Apps, prefere ver o outro lado, as probabilidades de sucesso – não é uma questão de otimismo mas sim de foco no que verdadeiramente interessa.

Fica aqui então uma lista do que lhe pode ajudar a melhorar as SUAS probabilidades de sucesso:

  1. Crie algo que as pessoas querem e que o mesmo seja desenhado para escalar para as massas.
  2. Existem 3 formas de gerar novas ideias:
    1. Não se esqueça que os fundadores são o target. “O que é que eu gostaria que um startup criasse para mim?”
    2. Mais que identificar um problema e criar a solução (importante), as melhores ideias são muitas das vezes simples e eficazes – “Porque é que ninguém nunca pensou nisto?”
    3. Olhe para o futuro – “O que é que as pessoas no futuro irão achar que faltou no dia de hoje?”
  3. Não tenha medo dos desafios técnicos – normalmente estes acabam por se tornar num mecanismo de proteção contra a concorrência. O desafio para os startups já é por si enorme, por isso abrace cada barreira tecnológica e crie a melhor solução.
  4. Claro que vai focar no numero de utilizadores no inicio, mas não se esqueça que o que é verdadeiramente importante é a intensidade da utilização da sua app e o nível de ligação entre utilizador e serviço. Melhor ter poucos que estão inteiramente ligados ao serviço do que um tsunami de turistas que lhe poem a prova os servidores e capacidade de cumprir. O próximo passo é de adicionar serviços aqueles que já são utilizadores fieis.
  5. Quando estiver a resolver um problema, ligue às necessidades das empresas, o que querem/necessitam, e não ao que os consumidores dizem querer – são irracionais e aleatórios. Foursquare –  seria difícil de prever o seu sucesso, mas fácil depois do mesmo vingar.
  6. Pesquise a procura, a necessidade:
    1. O que é que as pessoas fazem presentemente?
    2. Quais os serviços deficientes que os consumidores juntam para tentar atingir algo?
    3. O que é que os seus futuros utilizadores fazem agora?
  7. Escolha ideias onde o custo de falhar é baixo – o seu tempo, ponto final.
  8. Acabe o seu protótipo o mais rápido possível e lance logo para o mercado antes que tenha demasiado tempo para pensar no seu estado de perfeição. Recolha feedback, reitere e lance novamente.
  9. Repetir.SEO ou partilha? SEO é necessário para ideias espertas, produtos vencedores motivam a partilha. Melhor vencer que ser esperto.
  10. O numero 10 é o mais importante…

Crie o que consegue medir. O ato de medir leva-o a pensar sobre uma única faceta do seu produto/serviço, concentrando-se assim no que verdadeiramente importa. O resultado é sempre algo melhorado.

Startups deverão sempre criar um objectivo de crescimento de 10% por semana – quando não alcançar esse objectivo, o resto da semana será ocupada com um único pensamento – como chegar lá. Ficará focado como nunca antes em dar importância ao que mais importa.

Objectivos resultam num foco continuo que evita a criação de novas e desnecessárias atualizações/funcionalidades. Melhor mesmo passar o seu tempo a falar com os seus clientes/utilizadores, iterando rapidamente.

Está preparado? Fique atente aos artigos aqui no TudoMudou dedicados ao Lisbon Big Apps, ou pode seguir o blogue em Inglês, que  vai incluir informação e exemplos de boas praticas para o inspirar.

Já tem a sua BIG idea? Registe-se e prepare-se para uma verdadeira aventura…

[alert style=”grey”] Disclaimer: TudoMudou é parceiro da iniciativa LisboaBIGApps, Nuno Machado Lopes faz parte da organização e do Juri. [/alert]

Write a Comment

Comment