in Tecnologia

A maioria das pessoas já ligaram para alguém sem querer através do seu telemóvel, colocado no seu bolso de trás das calças. Quase sempre, o mesmo resulta num simples pedido de desculpas. Para outros, é bem mais complexo.

Para dois homens, ambos com 20 anos, o resultado não poderia ter sido pior –  denunciados pelo seu próprio rabo – “butt-dialing” ou “pocket-dialing”. Ao conduzirem pela cidade de Fresno, um dos seus telemóveis ligou aos serviços de emergência sem querer, permitindo que ouvissem toda a conversa. Enquanto a operadora tentava estabelecer contacto com quem lhe ligava, apercebeu-se que afinal tratava-se de dois indivíduos a terem conversas sobre atividades ilegais.

Qual o espanto quando o operador ouviu um dos indivíduos a explicar a melhor forma de assaltar um veiculo. Poucos minutos depois ouviu-se o estilhaçar de um vidro.

[quote align=”right” color=”#999999″] “I have never heard of something like this. There have been times where the dispatcher hears something like this, but never has a call come in before a crime being committed and staying on all the way to the end.” Sgt. Jaime Rios [/quote]

Poucos minutos depois, ambos foram parados por um carro da policia que tinha recebido a sua localização, tudo graças à tecnologia e ao rabo de um dos assaltantes.

Depois de pesquisar este tópico, como todos os outros, encontrei um outro artigo que demonstra que afinal, este fenomeno não é tão raro. Nos Estados Unidos, 40% das chamadas de emergência, são efectuadas sem querer.

Butt-Dialling

ABC News

Write a Comment

Comment