in Gestão de Crise

Na realidade, para qualquer presidente, existem questões mais prementes que votação e contagens de votos, especialmente quando todos já sabem o resultado. O jornal Washington Post deu a notícia há dois dias atrás que os resultados das eleições em Azerbaijão foram divulgados um dia antes de se conseguir votar – isto da tecnologia é lixado.

Resultados Antecipados

O app oficial da Comissão Central responsável pelas eleições em Azerbaijão divulgou o presidente Ilham Aliyev, que continuou o legado do seu pai durante a última década, como vencedor das eleições que ainda nem tinham começado.

O mundo não ficou chocado com o facto que as eleições em Azerbaijão tenham sido completamente manipuladas – só acharam caricato os resultados terem sido revelados desta forma. Na realidade a tecnologia é tramada, neste caso quem a utiliza – um desgraçado que já não deve estar a partilhar o oxigénio connosco.

O pior disto tudo é que ninguém gosta de saber resultados antes do acontecimento. No caso Apito Dourado, nunca tivemos acesso aos resultados antes dos jogos começarem. Pena pois certamente seria interessante vê-los nesse contexto.

Mas como em Azerbaijão não parece ser necessário pensar nem se quer em consequências, o governo revelou que o erro foi afinal do tal programador, que não deve poder responder, que ao testar a app divulgou os resultados das eleições de 2008 – mas teve o cuidado de atualizar, quer os resultados, quer os candidatos atuais e que não eram em 2008. Plausível. Afinal tudo isto é um mal-entendido.

Felizmente o presidente ganhou, o que revela que isto até pode ser uma conspiração e a democracia está bem viva e saudável em Azerbaijão. Pode o presidente agora voltar as tais questões mais prementes.

President Ilham Aliyev

Write a Comment

Comment