Sony Make Believe

Sony: Mais Uma Das Maiores Empresas De Tech Do Mundo a Sofrer Com Uma Estratégia Errada

Sony anunciou hoje que vai vender as suas ações da sua parceria com a Samsung, a S-LCD, negocio esse que se estima rondar os $940 milhões de USD. Já em Novembro, a Sony avisou de um prejuízo estimado em $1.15 biliões de USD para o semestre, com os LCDs a contribuírem para a maioria desse valor.

Sony Make Believe

Sony anunciou hoje que vai vender as suas ações da sua parceria com a Samsung, a S-LCD, negocio esse que se estima rondar os $940 milhões de USD.

S-LCD foi criada em 2004 pela Sony e Samsung mas os maus resultados da Sony da sua área de LCDs levou-a a tomar medidas para corta com o prejuízo.

Independentemente da parceria ter um fim marcado para finais de Janeiro de 2012, a Sony irá continuar a fornecer à Samsung algumas das suas televisões.

Uma porta voz da Sony Corporation explicou num comunicado que:

“This transaction will enable [Sony] to monetize its shares in S-LCD and aims to secure a flexible and steady supply of LCD panels from Samsung, based on market prices and without the responsibility and costs of operating a manufacturing facility… Samsung anticipates heightened flexibility, speed and efficiency in both panel production and business operations.”

Este é mais um passo da Sony para tornar a sua gama de LCDs lucrativo, dado que a mesma tornou-se recentemente numa verdadeira dor de cabeça para a empresa Japonesa, a recuperar, como o restante país, da maior catástrofe de sempre. Já em Novembro, a Sony avisou de um prejuízo estimado em $1.15 biliões de USD para o semestre, com os LCDs a contribuírem para a maioria desse valor.

Os objetivos iniciais, dado a escassez de painéis e a convicção que a procura para os mesmos iria continuar a crescer, deixou a Sony com uma linha de produção ineficaz com a concorrência e diminuição de procura.

A Sony irá assim, dividir-se em três pilares, o primeiro atuar no mercado com os seus LCDs, desenhados e equipados pela própria Sony, o segundo que será com base no OEM, utilizando componentes de terceiros e por ultimo, a terceira que será responsável por desenvolver e desenhar a nova geração de televisões.

 

Show 3 Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published.